CRP 03/04602

“Eu reabilito mentes e emoções!”

Hipnoterapia Avançada - Terapia Cognitivo-comportamental - Saúde Integrativa Sistêmica (Método Sis) - Psicoterapia Reencarnacionista - Regressão Terapêutica

Quem é Marcelle Rodrigues

Sou Psicóloga com mais de 13 anos na prática clínica, especialista em Terapia Cognitivo-comportamental, Hipnoterapeuta clínica avançada e Psicoterapeuta Reencarnacionista atuante com Regressão Terapêutica e Investigação do Inconsciente por muitos anos. Apaixonada pelo holístico, o energético e espiritual, incluo em minha metodologia de trabalho, a vivência na prática da espiritualidade no meu dia-a-dia.

"

Tudo aquilo que você imagina, você pode realizar!

"

Hipnoterapia Integrativa Avançada

APLICADA À PSICOLOGIA

nse em seu maior desafio hoje! Imagine-se tendo-o superado! Imagine que isso é possível com um tratamento de saúde integrativa onde há a combinação de técnicas e ferramentas para você alcançar o resultado que tanto deseja!

Com a Hipnoterapia é possível acessar os níveis mais profundos de sua mente de forma rápida, prática e eficaz! A ferramenta da hipnose traz um incrível aprofundamento à Psicoterapia. Ao alcançarmos a origem do evento de valência emocional negativa, temos a oportunidade de ressignificarmos com novas sugestões e âncoras que devem ser vivenciadas e reforçadas pela pessoa. A hipnoterapia não se prende aos sintomas, busca a causa; não se prende à doença e às suas justificativas, trata o doente dando-o ferramentas para retirá-lo da dor.

Eu ajudo você a se libertar de uma passado traumático; a ressignificar suas crenças limitantes e a reabilitar suas emoções, através do auto-perdão e do resgate da sua criança interior.

Você aprende a mudar seu estado mental, saindo da ansiedade para a tranquilidade, da raiva para a calma, do medo para o empoderamento, da mágoa para o perdão, do vazio para um sentido existencial de pertencimento!

Trate:

Para que ocorra a hipnose há um processo de indução ao transe, relaxamento e aprofundamento desse transe com um aumento da capacidade de concentração. A pessoa mantém a lucidez e se torna responsiva às sugestões. A hipnose atua também nas atividades orgânicas internas, aumentando e melhorando o trabalho de células, glândulas, órgãos ou sistemas a favor de uma recuperação mais rápida e mais eficiente, e atua nas causas emocionais que causaram ou contribuíram para sintomas, transtornos e doenças. Durante o sono, o nosso corpo naturalmente faz isso e na hipnose podemos utilizar este recurso de forma conduzida.

Para acessar a Mente Subconsciente é preciso remover o fator Crítico com induções para, posteriormente, realizarmos as ressignificações e mudanças solicitadas pelo cliente. Tratamentos convencionais focados na Mente Consciente, mantém o fator crítico e as justificativas que mantém o padrão disfuncional de procrastinação e resistência à mudanças. Acessando a nossa Mente e as nossas memórias mais profundas, podemos reabilitar as nossas emoções escolhendo um novo padrão funcional que são potencializados com a Psicoterapia Cognitivo-comportamental, a PNL e demais ferramentas e técnicas integrativas.

Para reabilitar precisamos identificar de onde veio, o que nos mantém nisso, o que nos motiva a mudar, em que precisamos nos perdoar para tomarmos uma decisão e autogerir as nossas emoções, com reforço, consistência, determinação e resiliência.

Diversas situações geram um forte impacto emocional e podem permanecer “esquecidos” pela mente consciente, por isso, muitas dessas memórias precisam ser acessadas para que as emoções reprimidas ligadas à elas sejam liberadas e ressignificadas. Dessa forma, o fator crítico não precisa mais manter o padrão disfuncional estabelecido pela Mente Subconsciente. Com a hipnoterapia trazemos um padrão funcional que também é reconhecido e reproduzido pela Mente Consciente, ou seja, pode se tornar um hábito e ser vivenciado em nosso dia a dia.

Caminhando por cacos de vidro

Tudo que a mente cria, podemos realizar, existem programações em nosso cérebro para sentirmos mais ou menos dores físicas ou emocionais e é incrível como podemos programar a ativação de áreas para o relaxamento, a tranquilidade, a confiança, a ação e a anestesia à dor! A hipnoterapia aplicada a psicologia potencializa o grande potencial da mente te conectando a todas os pilares da saúde e do bem estar : o energético vibracional, o mental, o emocional e o físico!

Mitos e Verdades

O transe hipnótico é um processo psicofisiológico natural e da mesma forma que o sono, o estado de vigília e de meditação, não oferece nenhum tipo de risco. O transe é um estado intensificado da atenção, onde a realidade passa a ser apenas a proposta pelo hipnoterapeuta ou pelo próprio paciente. No transe há uma alta atividade psíquica, onde pensamentos, memórias, imagens e sensações podem ser reestruturados e ressignificados a partir da realidade naquele momento. Tudo o que antes do transe se fazia presente deixa de fazer sentido para a mente e dá lugar a uma nova programação fluindo uma energia psíquica mais equilibrada e coerente com as novas decisões da pessoa.

O relaxamento é uma baixa atividade psíquica e objetiva “soltar” o corpo do cliente. O transe é um estado altamente focalizado de atenção, uma alta atividade psíquica, uma atenção direcionada e intensificada. Na hipnoterapia ambos estão presentes e proporcionam um incrível bem estar!

Todas as nossas experiências geram memórias. O simples fato de relembrarmos alguma dessas experiência já nos remete a um estado regressivo de um passado breve ou remoto. Em transe, com a mente hiperfocada e receptiva às sugestões, podemos acessar memórias muito profundas, dessa e de outras vidas, depende do sistema de crenças da pessoa e do quão profundo ela se permite ir.

Esse é um aspecto bem importante para ser abordado, porque o senso comum cria medos e receios à cerca da Hipnose e muitos de nós absorvemos sem nem ao menos nos informar, testar e experenciar! Passamos a acreditar em muitas das coisas que escutamos e tendemos a rejeitar isso! E podemos estar perdendo uma incrível oportunidade de mudarmos as nossas vidas!

Por isso, vou trazer aqui alguns receios bem comuns para você já desbloquear toda e qualquer coisa que possa impedir você de dar um grande passo para sua transformação!

Vou perder o controle, serei controlado por outra pessoa

Estar e entrar em hipnose depende de sua permissão, da sua vontade. Por mais que algum terapeuta sugestione alguma coisa, se não fizer sentido pra você, sua mente desconsidera. Você não faz e pronto! Tudo o que fazemos em vigília, fazemos em hipnose, é apenas a nossa mente que muda de estado; simples assim!

Hipnose é igual em todos os lugares

Isso não é verdade! A Hipnose Clínica visa o contexto terapêutico, numa situação específica, trazida pelo pessoa. Não tem nada a ver com o que ocorre na hipnose de palco! Existe uma personalização e uma adequação à sua demanda. Ninguém é igual a ninguém e nenhum problema se apresenta da mesma forma; lembre-se: a mente é subjetiva!

Vou contar meus segredos

De forma nenhuma! Você fala e faz o que quer. Contudo, se o hipnoterapeuta notar que existe alguma questão associada ao que está sendo trabalhado pode perguntar se achar pertinente para o resultado esperado por você.

Vou ficar inconsciente

Isso é mito, mesmo em anestesia geral, a nossa mente subconsciente capta tudo. Para o tratamento ter sucesso, é necessário que ele seja colaborativo e que a pessoa participe do processo. O que ocorre é que podemos atingir um relaxamento tão profundo que desejamos ficar quietos e calados. E é uma sensação muito incrível!

Vou ficar preso! E se eu não voltar?

Lembre-se que entrar em hipnose é natural, ocorre quando relaxamos, quando nos concentramos em algo, quando contemplamos…mas, não estamos dormindo, nossa mente só está numa frequência mental mais baixa e através de estímulos e sugestões do hipnoterapeuta retorna ao fator crítico e consciencial imediatamente. O transe profundo leva ao sono que dura até o momento de acordar, o que é natural em todos.

Hipnose é terapia

Embora a hipnose trate a causa e não o sintoma, muitas vezes há transformações significativas de questões muito profundas que colaboravam para várias problemáticas secundárias. Uma vez tratado o que originou, a superfície é “lapidada” com a psicoterapia. Portanto, a hipnose é uma poderosa ferramenta utilizada nas terapias. A hipnose em si não é uma terapia.

Alterações no cérebro durante a hipnose

Diminui atividade na área responsável pelo foco no ambiente externo
Aumenta conexções de controle mente-corpo
Reduz conexões entre a parte analítica e a parte da imaginação

Eficácia da hipnose em relação à outros métodos terapêuticos

Método

Eficácia / Sessão

Tempo

Psicanálise

38% / 600

12,5 anos

TCC

72% / 22

5,5 meses

Hipnoterapia

93% / 6

1,5 meses

Dr. Alfred A. Barros - PHD em Psicologia Clínica

Benefícios da Hipnoterapia

"

Não criamos saúde focando na doença!

"

Orientações importantes

"

A Hipnose não fará você fazer qualquer coisa que não faria no estado de vigília

"

Galeria de Fotos

Confira fotos de eventos, palestras e cursos.

Depoimentos

"

Para ser hipnotizado você precisa querer ser hipnotizado!

"

Blog

O que é transe hipnótico

O transe hipnótico é um processo psicofisiológico natural e da mesma forma que o sono, o estado de vigília e de meditação, não oferece nenhum

Contato